CARREGANDO
CHOCOLATES

CHOCOLATES

Chocolates de sabor incomparável e excelente qualidade, seguro para alérgicos, intolerantes e com dietas restritivas.

Produzidos da amêndoa à barra com amêndoas de cacau Premium e ingredientes naturais de padrão internacional, nossos chocolates são deliciosos e saudáveis.

Contamos com uma ampla variedade de sabores e intensidades para agradar aos mais exigentes paladares, linha Zero Açúcar para diabéticos e receitas lowcarb, chocolates coloridos naturalmente com ingredientes que agregam nutrientes, além dos exclusivos chocolates que não contém açúcar nem adoçantes, desenvolvidos para atender pessoas que não podem ou não querem consumir nenhum tipo de açúcar ou adoçante.

Todos os nossos produtos são veganos, sem ingredientes de origem animal, sem glúten, leite, soja, amendoim, castanhas, corantes, conservantes, zero gorduras trans e livres de todos os principais alergênicos listados pela ANVISA.

Disponíveis em embalagens de 1kg em barras, tabletes de 12g e gotas de aproximadamente 0,6g. 

PARA QUE SERVE A TEMPERAGEM

Temperar o chocolate puro consiste em pré-cristalizar a manteiga de cacau que ele contém. Durante a temperagem, a manteiga de cacau do chocolate assume uma forma cristal estável. Isso garante um acabamento perfeito do produto, brilhante, firme, snap perfeito (som da quebra)  e que não derrete facilmente nas mãos. A temperagem também faz o chocolate contrair durante o resfriamento, o que facilita para desenformar.

QUANDO FAZER A TEMPERAGEM

A temperagem é necessária quando se quer formar casquinhas, moldar bombons, tabletes, banhar trufas, pão de mel, ou preencher formas ocas como ovos de páscoa e esculturas.

Ela é feita para garantir maior durabilidade, brilho e segurança em seus produtos.

Após o produto pronto, manter em ambiente fresco (entre 18 e no máximo 24 graus) para que os cristais não se desfaçam e se perca a temperagem.

QUANDO NÃO PRECISA TEMPERAR

Não precisa ser feita a temperagem para utilizar seu chocolate em ganaches, recheios, dentro de massas de bolos, cookies ou brownies por exemplo.

Também não tem necessidade de temperar se for consumir o seu produto no mesmo dia mantendo-o em geladeira.

O QUE INTERFERE EM UMA BOA TEMPERAGEM

UMIDADE DO AMBIENTE:  que pode ser controlado se tiver um ar condicionado ou desumidificador de ar no ambiente de trabalho.

UMIDADE DOS UTENSÍLIOS E BANCADA:  Lembre-se água e chocolate são inimigos, uma única gota de água pode atrapalhar todo o processo.

TEMPERATURA DOS UTENSILÍOS: muito quentes, ou muito frios irão modificar o resultado.

COMO DERRETER SEU CHOCOLATE GOBECHE

A temperatura de derretimento, temperagem, e de trabalho são fundamentais para um resultado final excelente.

Se aquecer demais e não mexer o necessário pode queimar, se aquecer de menos os cristais da manteiga não serão totalmente desmanchados e não surtirá o efeito desejado.

MICROONDAS: Potência baixa, mexendo de acordo com as temperaturas de cada sabor de chocolate.

BANHO MARIA: coloque água em uma panela e encaixe uma vasilha dentro, pode ser de vidro ou metal mas tem que se encaixar de forma que o vapor d'água não saia pelas laterais e entre em contato com seu chocolate.

DERRETEDEIRA ELÉTRICA : Com banho maria ou com resistência.

 

EXISTEM 4 TIPOS MAIS COMUNS DE TEMPERAGEM;

TABLAGEM OU TEMPERAGEM NA PEDRA:

É o método mais eficaz para uma produção pequena. Ele consiste em jogar o chocolate derretido em uma pedra bem seca (mármore ou granito) e movimentá-lo com uma espátula  espalhando e juntando sempre das bordas para o centro para que ele tenha uma perda gradual de calor até atingir a temperatura desejada para cada sabor.

Recolha o chocolate em uma vasilha e já está pronto para utilização.

TEMPERAGEM DIRETA

Consiste em derreter o chocolate e ir mexendo na vasilha lentamente até chegar na temperatura de trabalho indicada para cada sabor. Ele deve estar totalmente derretido, bem homogêneo e sem nenhum pedaço de chocolate sólido.

Este método parece fácil, mas requer muita experiência, observação e paciência, pois o chocolate demora mais a abaixar a temperatura. Medir sempre com um termômetro de precisão ajuda no processo.

TEMPERAGEM POR ADIÇÃO

É uma técnica muito simples mas também requer um acompanhamento de medição de temperatura constante.

Derrete-se 70% do chocolate na temperatura indicada para cada sabor e mistura-se os outros 30% (em pedacinhos bem pequenos ou gotas) mexendo sempre até chegar na temperatura desejada de trabalho para cada sabor.

TEMPERAGEM COM MANTEIGA DE CACAU

Derreta seu chocolate de acordo com as instruções, adicione 1 % de manteiga de cacau Gobeche (bem picadinho ) e mexa até alcançar a temperatura de trabalho desejada.

Está pronto para utilização.

OBSERVAÇÕES: 

Para fazer o teste de temperagem: molhe a ponta de uma colher ou outro utensílio em seu chocolate temperado, leve à geladeira por alguns minutos, quando tirar ele deve estar firme, não derreter ao toque, brilhante e com aspecto acetinado sem manchas.

Se a temperagem não der certo, acalme-se você não perdeu seu chocolate! Ele pode ser derretido e refeito o processo de temperagem quantas vezes necessário.

 

Temperatura de derretimento

Chocolates brancos e coloridos naturalmente: entre 40°C e 42°C aproximadamente,

Chocolates escuros: entre 42°C e 45°C aproximadamente.

Temperaturas de trabalho

Chocolates brancos e coloridos naturalmente: entre 28°C e 29°C aproximadamente,

Chocolates escuros: entre 29°C e 30°C aproximadamente.

Lembre-se: essas indicações podem ser alteradas de acordo com a temperatura do ambiente, potência e diferenças dos equipamentos de trabalho.

Whatsapp chat online